De 17 a 20 de maio acontecerá a 21° Assembleia do Povo Xukuru:Limolaygo Toype – Na aldeia, na rua, na rede!As conquistas dos povos indígenas nunca sofreram tantos retrocessos, e neste último ano de governo Bolsonaro vivemos um cenário de violações sem precedentes. O Abril marcado pelas lutas indígenas passou, mas a Assembléia do Povo Xukuru vem para dar continuidade a luta pela garantia da manutenção dos nossos direitos conquistados e pelo avanço de novas conquistas.Acompanhem através da @ororuba_filmes e @apiboficial Diga ao povo que avance!

Post Destacado

No início do ano, Sidneide Alves foi acusada de perseguir e demitir pelo menos 17 trabalhadores indígenas, entre eles a então coordenadora do polo-base, Indianara Kaiowa.A Sesai ainda não se manifestou sobre o protesto de hoje em Dourados. A coordenadora não foi ao local. A professora Keila disse que os funcionários não estão sendo impedidos de trabalhar, mas os manifestantes vão permanecer no prédio até Sidneide ser exonerada. Fonte: CAMPO GRANDE NEWS

Pode ser uma imagem de ao ar livre

Post Destacado

Além da opressão contra os profissionais indígenas que trabalham para a Sesai, a coordenadora Sidneide Alves, não resolve problemas básicos, como falta de insumos e medicamentos para os moradores e equipamentos para os trabalhadores. A situação é ainda mais grave devido à pandemia de covid-19, que já afetou quase mil moradores das aldeias.

Nenhuma descrição de foto disponível.
Post Destacado

Entrega de marmitas para alunos e familiares, dias 20/04 e 27/04 total de 100 marmitas. Com Nilson Morales, Ana Claudia, Dona Edimara, Caio GVT, Rosivânia Benites, Indianara Machado, Itacir Pastore. Agradecimento ao projeto Nutrição apoiado pelo FORUM Itaporã.

https://www.facebook.com/plugins/video.php?height=314&href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fajidourados%2Fvideos%2F1146089935836121%2F&show_text=false&width=560

Post Destacado

NÃO DÁ PRA ACEITAR ESSAS PERSEGUIÇÕES!!!ABSURDO!!!REVOLTANTE!!!Ziga você tem meu reconhecimento, da minha família e da comunidade, obrigada por tudo!Lamento a falta de respeito que está sofrendo.Lamento todo esse desmonte que a SESAI vem sofrendo.Não era essa saúde indígena que sonhamos e lutamos.Basta de violação, queremos respeito!Fica meu abraço e minha revolta ao seu desligamento.

Indianara Guarani Kaiowá

Pode ser uma imagem de 3 pessoas, pessoas em pé e ao ar livre
Post Destacado

A Comissão dos Agentes Indígenas de Saúde da Aldeia Bororó, vem agradecer as redes de apoio pelas doações de Máscaras cirúrgicas e Álcool em Gel.Estas doações fortalecem a atuação dos AIS nas comunidades.Continuem nos apoiando.Agwijevete!

Post Destacado

Faça uma doação a partir de R$ 40,00 e ganhe uma camiseta estampada com desenhos feitos pelos estudantes da AJI – Ação Jovens Indígenas de Dourados, MS.

Qualquer quantia é bem vinda. Com sua colaboração compraremos EPIs. Ajude a comunidade indígena de Dourados a se proteger da covid-19.

Faça sua doação para:
AJI
Banco do Brasil 001
Agência 0391-3 – Dourados – MS
Conta corrente – 00000122852-8

CNPJ 18.256.616/0001-93 Com sede e foro na Aldeia Bororó casa 658 ao lado do CRAS, Dourados MS.

Para maiores informações e cálculo do valor do frete entre em contato pelo e-mail ajicomunica@gmail.com

Post Destacado

Moradores das aldeias de Dourados (a 233 km de Campo Grande) ocuparam nesta segunda-feira (3) a sede da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena). Eles cobram a demissão da coordenadora local da secretaria, Sidneide Alves.“Ela está oprimindo os irmãos índios, não queremos mais ela como coordenadora. Vamos ficar aqui por tempo indeterminado, queremos falar com ela e queremos que ela seja exonerada”, afirmou ao Campo Grande News a professora Keila Viana. A unidade fica na Avenida Joaquim Teixeira Alves, na região do Shopping Avenida Center.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑